Coaching, a profissão mais bonita e necessária da era atual

Hoje, quero iniciar esse texto colocando o Coaching de Inteligência Emocional no lugar que ele realmente merece, o de uma das profissões mais bonitas e necessárias da atualidade. Estamos falando de uma profissão apaixonante. Não importa se chamamos de coaching, desenvolvimento pessoal, crescimento pessoal... Coaching é uma filosofia de vida. Uma maneira de entender a realidade. Uma maneira de se conhecer e se conectar com os outros. Uma oportunidade para ser mais feliz, mais consciente, mais sábio.

Grandes mudanças estão chegando na nova década

Grandes mudanças estão chegando a nível social, tecnológico, econômico e de valores. Mudanças que estão acontecendo hoje e por causa delas o Coaching de Inteligência Emocional será a profissão mais decisiva para poder enfrentar e gerenciar essas mudanças impetuosas.

Estamos vivendo em um mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo. A globalização, as mudanças rápidas, a incerteza profissional e econômica, devido à automação do emprego e à rápida evolução da tecnologia, significam que estamos perdendo nossa identidade, que nos sentimos cada vez mais perdidos neste mundo complexo.

O Estado, o governo ou o sistema educacional não podem mais fornecer a segurança que nossos avós ou pais estavam buscando. Os empregos para toda a vida não existem mais e são cada vez mais inseguros, os contratos são cada vez mais precários e o emprego, gostemos ou não, será destruído.

Coachees, canalizadores da mudança na nova década

É por isso que a figura do Coach será cada vez mais relevante. Porque o medo e a ansiedade são, infelizmente, muito comuns neste ambiente de incerteza.

E tudo isso fará com que muitas pessoas precisem mudar suas crenças, suas habilidades e seus valores para se adaptar a esse novo mundo e alcançar esse tão cobiçado equilíbrio.

É assim que os Coachees de inteligência emocional, de acordo com isso, se tornam os chamados canalizadores da mudança. Sim, somos os profissionais mais preparados para ajudar tantas pessoas perdidas a encontrar o caminho, para se conectar com seus valores e seus sonhos. Ajudamos as pessoas a alcançar seus objetivos, a viver e crescer com seus medos, a acreditar mais em si mesmas e a explorar seus talentos.

Como treinadores, nossa missão é também acompanhar as pessoas para melhor gerenciar suas emoções. Aqui falamos daquelas emoções comuns no dia a dia como frustração, medo, apatia, insegurança, baixa autoestima ou falta de autoconfiança.

Porque somente tendo uma boa gestão emocional podemos nos adaptar melhor às mudanças e seremos capazes de obter o melhor de nós mesmos para alcançar nossas metas e objetivos.

O coaching também nos ajuda a tomar decisões melhores, a fazê-lo sem muito medo, a agir. O coaching nos ajuda a sermos resilientes e nos levantarmos quando sentimos um fracasso ou passamos por uma dificuldade.

Existe um mercado de saturação para Coachees?

Muitas pessoas comentam: "Há muitos treinadores. Você pega uma pedra e sai treinando.Parece que hoje todo mundo é um Coach: o cabeleireiro do bairro, o consultor de moda da loja da esquina, minha prima que vende produtos de maquiagem em casa.

Mas quem pode ser chamado de Coach?

Na verdade, nossa profissão não é oficialmente reconhecida hoje. Certamente há escolas e cursos de mestrado ou pós-graduação que são apoiados por associações de coaching reconhecidos (como o ICF ou ASESCO na Espanha), mas também há formações de qualidade que não estão sendo endossadas.

Mas há pessoas que fazem um curso de fim de semana e chamam a si mesmas de coachees.

O fato é que existe uma tendência mundial: todos os dias somos mais pessoas buscam o método Coaching para aprimorar suas habilidades e nós, Coachees de inteligência emocional, levamos nossa profissão a sério.

Por um lado, há uma necessidade crescente para as pessoas de se encontrarem neste mundo cada vez mais incerto, de entender quem são, de melhorar, de crescer em um nível pessoal. Há um despertar de pessoas conscientes. E muitos Coachees de Inteligência Emocional estão preparados precisamente para encontrar essas respostas e mudar nossas vidas para melhor.

E por outro lado, há mais e mais demanda por aí. Milhares de pessoas que estão despertando, que se cansaram de uma vida sem sentido, que perceberam que há outro modo de viver a vida.

A globalização também ajuda nesse sentido: temos mais acesso à informação do que nunca na história da humanidadeNão é mais a TV ou nosso ambiente mais próximo, seja de família, amigos ou colegas de trabalho, que marcam nosso caminho. Podemos pesar as informações, contrastá-las, adquirir treinamento e conhecimento de forma instantânea, nos conectar com pessoas muito diferentes do nosso círculo habitual ou que moram a milhares de quilômetros de nossa casa. Agora viajamos mais, conhecemos outras culturas, abrimos nossas mentes como nunca pudemos fazer até agora.

Temos medos e dúvidas, mas também jogamos com a grande vantagem de poder crescer como nunca antes. Estamos vivendo o melhor momento da história da humanidade.

E nesse contexto, o Coaching de Inteligência Emocional, mesmo que não goste de todos, veio para ficar. É uma das profissões mais necessárias na atualidade.

É verdade que não é fácil defender uma profissão como coaching atualmente. Existem muitos detratores, há muitos vendedores eficazes, e muitas crenças culturalmente limitadoras, especialmente no Brasil, relacionadas a essa disciplina. Em breve falaremos mais sobre esse assunto aqui no Blog.

cta-logo

CONTROLE A ANSIEDADE E A DEPRESSÃO,

SEM MEDICAMENTOS!

Pesquisa

Search